Postei esse look nas redes sociais esses dias atrás e comentei que estava buscando fazer finalizações nos cachos de forma diferente, até achar o estilo que mais gosto. Achei que seria interessante falar um pouco mais sobre essa fase do meu cabelo, em que estou fazendo transição capilar, pois imagino que muitas meninas estão passando pela mesma situação. 

É muito incrível ver a quantidade de mulheres que estão assumindo seu tipo de cabelo sem mais aquela pressão do "somente liso" que existiu por muito tempo. Eu me lembro até hoje da quantidade de vezes que pedi para minha mãe me levar ao cabeleireiro para fazer a escova progressiva, já que quando eu tinha 13 anos era uma novidade e passou a ser super famosa. Minha mãe já fazia mas relutou pra que eu não iniciasse esse processo químico no cabelo tão cedo. Até que na minha viagem de formatura da 8ª série, em que fui pro NR Acampamento, liguei pra ela chorando (escondida das minhas amigas) pois todas estavam indo lindas e de cabelos lisos/escovados para a festa noturna e meu cabelo estava "armado/volumoso demais", sem que eu soubesse como finalizar. Mais do que não saber finalizar, eu não me sentia "adequada" com os cachos e isso foi super ruim para minha mãe. Cheguei da viagem e na semana seguinte marquei a famosa escova progressiva. 

Fazer escova progressiva pela primeira vez foi horrível! Meus olhos ardiam absurdamente (colocavam dois ventiladores no meu rosto na época, pois a composição ainda tinha muito formol) e logo após ir para casa, meu cabelo caia muito por semanas até estabilizar novamente. Passei por esse processo dos 14 aos 19 anos, fazendo o retoque de 3 em 3 meses para ninguém perceber que tinha o cabelo cacheado. Aos 19 anos conheci o selante (processo químico capilar um pouco menos forte) e optei por fazer ele já que meu cabelo caia demais sempre e estava muito fino. Usei ele até completar meus 21 anos e posteriormente comecei a usar o redutor de volume até os 24 anos, fazendo o mesmo processo de retoque a cada 3 meses sem parar. Isso aconteceu até Agosto de 2017, quando resolvi que gostaria de assumir os cachos e deixar os processos químicos pra trás. 

Mas como se desapegar da química nos cabelos para fazer alisamento?! O meu processo como vocês viram foi muito demorado!! Demorei muito tempo pra amar exatamente tudo que faz parte de mim em meu corpo e cabelo. Não sou contra procedimentos estéticos (sem exageros) e também ir ao salão para colorir ou descolorir o cabelo, até porque amo mudanças. Mas tudo que é radical tende a fazer muito mal pra gente. Precisei assistir muitos vídeos de mulheres que assumiram o cabelo cacheado, seja ele com a curvatura que for, e muito tempo na frente do espelho tentando aceitar a raiz que crescia sem o alisamento. Até que depois de muito esforço eu consegui desapegar do processo químico!

Meu processo não foi imediato, precisei ir diminuindo o processo indo da escova progressiva para o selante, e do selante para o redutor de volume (seu cabeleireiro talvez saiba te explicar a diferença entre eles). E também faço escova até hoje pois como falei, amo muito mudar e ter visuais diferentes para ocasiões diferentes. Como imagem de moda, o cabelo alisado passa certa seriedade e o cabelo cacheado passa certa displicência, então abuso até hoje do secador ou de uma finalização power para deixar o cabelo bem cacheado. Outra coisa é que estou deixando meu cabelo crescer para testar um visual que não uso a muito tempo. Sou apaixonada pelos curtos, mas achei que era hora de ver como ficaria de cabelo longo cacheado. 

Se depois de contar todo o meu processo de transição capilar eu puder te dar uma dica, diria para você se respeitar! Assisti muitos vídeos que falavam "esqueça a escova e chapinha, vá com tudo e corte bastante até ter 100% do seu cabelo natural e depois deixe crescer" e eu acho DEMAIS o que essas mulheres conseguiram fazer. Mas toda vez que eu tentei de forma radical abrir mão de tudo, isso não combinou com minha rotina de trabalho e minha correria do dia-a-dia e acabava desistindo achando que não era pra mim. Por isso, vá devagar e respeite sua rotina, seu estilo e personalidade. Aos poucos seu cabelo vai voltando ao natural e você não vai viver nada drástico. Hoje uso escova somente na franja e só escovo o cabelo todo 1 vez na semana. Estou nesse processo a bastante tempo e acredito que até Dezembro terei outro cabelo!

Pretendo fazer também um vídeo contando detalhes dos produtos que estou usando e como estou cuidando do meu cabelo pra que ele cresça e fique sempre saudável. E se achar bacana, me conta aqui se está passando por esse processo e o que gostaria de ver no vídeo. :)

Besiitos,
Aline 


Galeria